Sambaqui de 5000 anos

_images/20180618_06.jpg

Sobre o Projeto

O projeto de reconstrução facial do Sambaqui de 5000 anos foi uma iniciativa interdisciplinar que envolveu a o IPHAN - Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional do Distrito Federal (IPHAN-DF), o Dr. Everton da Rosa (Cir. Bucomaxilo do Hospital de Base do DF) e o 3D designer Cicero Moraes.

A revelação da face realizou-se na sede do IPHAN-DF no dia 07 de maio de 2018.

Sobre a Figura Histórica

Na década de 1940 em Santa Catarina, um colecionador amador chamado Carlos Berenhauser nutria um hobby nada convencional. Ele alimentava um acervo de crânios arqueológicos trocando-os por mercadorias. O crânio do Sambaqui de 5000 anos que pertenceu a coleção inicialmente doada ao Museu do Homem Sambaqui (SC) em 1948, agora se encontra sob os cuidados do IPHAN-DF.

Repercussão

A revelação do rosto teve ampla repercussão na mídia regional do Distrito Federal, sendo matéria do Bom Dia DF da Globo, do G1 DF e da TV Justiça.