“Vampiro” de Čelákovice

_images/20180613_02.jpg

Sobre o Projeto

A reconstrução facial do “Vampiro” de Čelákovice foi um projeto organizado pelo Museu Municial de Čelákovice, pela empresa GEO-CZ e pelo 3D designer Cicero Moraes.

A revelação da face realizou-se no dia 28 de outubro em uma matéria apresentada no Daily Mirror e redigida pela repórter Janet Tappin Coelho.

Sobre a Figura Histórica

Em 1966 um fazendeiro de Čelákovice, uma pequena cidade na República Tcheca, na Europa Central, estava fazendo uma ampliação na sua casa e durante os trabalhos descobriu um crânio humano, para o espanto de todos os trabalhadores.

Pensando se tratar de uma vítima de crime buscou a ajuda da polícia, que logo descartou um assassinato “recente”. O oficial do setor colocou o fazendeiro em contato com um arqueólogo conhecido que em pouco tempo de escavações descobriu não apenas um, mas 14 corpos.

Apesar da alcunha de vampiro, o crânio, a exemplo dos outros restos mortais, pertenceu a um grupo de excluídos sociais que foram enterrados em um cemitério isolado.

Repercussão

A reconstrução facial do “Vampiro” de Čelákovice teve ampla repercussão mundial tendo matérias publicadas em 14 idiomas.