Santo Antônio de Pádua

_images/20180608_02.jpg

Sobre o Projeto

A reconstrução facial de Santo Antônio de Pádua foi um projeto idealizado pelo Museu de Antropologia da Universidade de Pádua em parceria com o Centro Studi Antoniani e o grupo de pesquisas Arc-Team da Itália. No Brasil o projeto ainda contou com o apoio do Laboratório de Antropologia e Odontologia Forense (OfLab) da USP, do Centro de Tecnologia da Informação Renato Archer e da artista plástica Mari Bueno.

A apresentação da face se deu no dia 10 de junho de 2014 no Centro Ateneu de Pádua e contou com a presença dos arqueólogos Luca e Alessandro Bezzi (Arc-Team), o Pe. Luciano Bertazzo (Centro Studi), o antropólogo Nicola Carrara (Un. de Pádua) e o 3D designer Cícero Moraes que revelou oficialmente a face.

Sobre o Santo

Santo Antônio de Lisboa, também conhecido como Santo António de Pádua (Lisboa, 15 de agosto de 1191-1195? — Pádua, 13 de junho de 1231), de sobrenome incerto mas batizado como Fernando, foi um Doutor da Igreja que viveu na viragem dos séculos XII e XIII.

No Brasil é popularmente conhecido com o santo casamenteiro.

Repercussão

As notícias acerca da reconstrução facial de Santo Antônio foram propagadas em 19 idiomas. O site oficial do santo apresenta o trabalho evolvendo a reconstrução facial em várias línguas. No Brasil o evento foi tema de uma matéria no programa Fantástico da Rede Globo.